Linhas de pesquisa


  • Matemática na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: a proposição desta linha de pesquisa é a de suscitar discussões e fomentar a propagação de pesquisas correlatas ao processo de ensino e aprendizagem de Matemática na Educação Infantil, nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e na Educação de Jovens e Adultos (EJA) — incorporando as Unidades Temáticas previstas na Base Nacional Comum curricular (BNCC), a saber: Números, Álgebra, Geometría, Grandezas e Medidas e Estatística e Probabilidade.

Professores-pesquisadores: Bruno Francisco Teixeira Simões, Luzia da Costa Tonon Martarelli


  • Educação Matemática nos anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio: tem como foco investigações e debates, no âmbito da Educação Matemática, relacionados aos anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio, abrangendo, também, a Educação de Jovens e Adultos, o Ensino Médio integrado à educação profissional. As investigações relacionam-se a questões teóricas e práticas do ensino e da aprendizagem da Matemática nas diferentes modalidades, bem como questões que envolvem a avaliação.

Professores-pesquisadores: Aline Caetano Bernardes da Silva, Fabio Luiz Borges Simas, Fábio Xavier Penna, José Teixeira Cal Neto, Luzia da Costa Tonon Martarelli, Michel Cambrainha de Paula, Ronaldo da Silva Busse


  • Currículo e Educação Matemática: tem interesse em investigar currículo nas suas várias dimensões: as prescrições no âmbito dos governos, os materiais curriculares produzidos para o ensino, os planejamentos construídos no contexto das instituições, as políticas públicas relativas ao desenvolvimento curricular, as ações desenvolvidas em espaços formativos e as avaliações, em suas variadas formas, entre outras. Os pesquisadores desta área compreendem currículo como prática e construção social que, dentre várias outras ações, seleciona e legitima saberes ou conhecimentos para produzir uma determinada formação. Eles desenvolvem pesquisas sobre os papéis e os efeitos da Educação Matemática nas diferentes modalidades de ensino – como o integrado à educação profissional, a educação de jovens e adultos, entre outras – e nas diferentes etapas da escolaridade. Além disso, também abrange pesquisas que investigam a Educação Matemática em espaços não formais e seus processos de subjetivação. Embora a ementa contemple uma ampla variedade temática, as pesquisas discutidas nesta área têm uma característica comum: a consistência e coerência teórica e metodológica voltada para o campo do Currículo e suas interações com o campo da Educação Matemática.

Professor-pesquisador: Fabio Luiz Borges Simas


  • Formação de professores que ensinam Matemática: tem por escopo a pesquisa sobre a formação inicial ou continuada, bem como outros processos constitutivos da docência, de professores que ensinam matemática, inclusive de seus formadores, em todos os níveis e modalidades de ensino e contextos socioculturais de aprendizagem docente.

Professores-pesquisadores: Fabio Luiz Borges Simas, Fábio Xavier Penna, Gladson Octaviano Antunes, Luzia da Costa Tonon Martarelli, Michel Cambrainha de Paula, Ronaldo da Silva Busse, Silas Fantin


  • Processos cognitivos e linguísticos em Educação Matemática: de modo amplo, os aspectos linguísticos e cognitivos dos processos da Educação Matemática são de essencial interesse para os profissionais da área. Esses aspectos se referem à própria organização de teorias e modelos explicativos de tais processos. Acolhe pesquisas de diferentes filiações teóricas e opções metodológicas, realizadas com participantes de diferentes faixas etárias e níveis de escolaridade. Essa diversidade tem gerado discussões preciosas sobre o ensino e a aprendizagem da Matemática em contextos diversos, com destaque para os escolares, sempre considerando os processos cognitivos e linguísticos que constituem essas instâncias.

Professor-pesquisador: Fabio Luiz Borges Simas


  • Educação Matemática: Tecnologias Digitais e Educação a Distância: esta linha de pesquisa aborda temas emergentes da Educação Matemática relacionados ao uso de Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC), assim como à Educação a Distância. Objetiva-se discutir pesquisas que abordem a Matemática, seu ensino e aprendizagem, seus processos de educação, além daquelas que estabeleçam vínculos com o uso de tecnologias digitais e/ou Educação a Distância. Este grupo estabelece articulação com praticamente todas as temáticas dos outras linhas de pesquisa, uma vez que abarca investigações que debatem a aprendizagem da Matemática, a formação de professores de Matemática, a produção de material digital de Matemática para inclusão, metodologias de ensino de Matemática, inserção no currículo de Matemática das TDIC e de componentes a distância, e questões relacionadas à avaliação da aprendizagem Matemática, vinculadas às TDIC e/ou à Educação a Distância.

Professores-pesquisadores: Gladson Octaviano Antunes, Luzia da Costa Tonon Martarelli, Michel Cambrainha de Paula


  • Educação Matemática no Ensino Superior: tem como objetivo desenvolver, discutir e divulgar pesquisas relacionadas à aprendizagem e ao ensino de Matemática no Ensino Superior. Dentre seus objetos de pesquisa destacamos: a formação inicial e continuada de professores de Matemática; materiais didáticos, novas tecnologias de ensino, estratégias didáticas, práticas pedagógicas e abordagens alternativas para o ensino de conceitos em cursos superiores da área de matemática e de cursos nos quais a matemática é disciplina de serviço.

Professores-pesquisadores: Aline Caetano Bernardes da Silva, Fábio Xavier Penna, Ronaldo da Silva Busse


  • Avaliação em Educação Matemática: tem como focos de suas investigações e debates, no âmbito da Educação Matemática, temas relacionados à avaliação da aprendizagem em matemática nos diferentes níveis de ensino, instrumentos avaliativos, avaliações em larga escala (Prova Brasil, SAEB, PISA, ENEM, etc.), avaliação em matemática e formação de professores e outros desdobramentos que envolvem a avaliação e a educação matemática.

Professor-pesquisador: José Teixeira Cal Neto


  • Modelagem Matemática: os focos de investigação desta área versam sobre a Modelagem na perspectiva da Educação Matemática nos diferentes níveis e modalidades de ensino, com interseções com outras tendências em Educação Matemática, como Tecnologias da Informação e Comunicação, Etnomatemática, Formação de Professores, dentre outras.

Professores-pesquisadores: Gladson Octaviano Antunes, José Teixeira Cal Neto


  • História da Matemática no Ensino de Matemática: esta linha de pesquisa busca investigar as possibilidades de articular a História da Matemática e o ensino de Matemática (em todos os níveis da educação, incluindo a formação de professores), a História da Matemática nos livros didáticos, referenciais teóricos que fundamentam e refletem sobre essa articulação, questões metodológicas, possíveis benefícios e limitações.

Professor-pesquisador: Aline Caetano Bernardes da Silva


  • Teoria dos Números, Matemática Discreta e Combinatória Geométrica: nesta Linha de Pesquisa estuda-se resultados avançados e problemas clássicos tendo como principal objetivo obter demonstrações e aplicações acessíveis a alunos do Ensino Médio. Na Teoria dos Números destacam-se: Raízes Primitivas, Frações Contínuas, Primos em Progressões Aritméticas. Já na Matemática Discreta  a ênfase está em problemas em Teoria dos Conjuntos,  Combinatória e Teoria dos Grafos.Em Combinatória Geométrica é estudado Teorema de Helly, Lema de Sperner e partições de conjuntos.

Professor-pesquisador: Luiz Amancio Machado de Souza Junior


  • Educação Estatística: os pesquisadores desta linha atuam na área de Educação Estatística, que tem como objetivo estudar e compreender como as pessoas ensinam e aprendem Estatística, o que envolve os aspectos cognitivos e afetivos do ensino-aprendizagem, além da epistemologia dos conceitos estatísticos e o desenvolvimento de métodos e materiais de ensino etc., visando o desenvolvimento do letramento estatístico. Para tal, a Educação Estatística utiliza-se de recursos teórico-metodológicos de outras áreas, como Educação Matemática, Psicologia, Pedagogia, Filosofia e Matemática, além da própria Estatística.

Professor-pesquisador: Bruno Francisco Teixeira Simões